quinta-feira, 7 de julho de 2016

Vallation


Nome: Vallation
Editora: Tardis Remakes
Autor: Sokurah
Ano de lançamento: 2016
Género: Ação
Teclas: Redefiníveis
Joystick: Não
Número de jogadores: 1

Raffaele Cecco é um nome mítico no universo dos 8 bits. Foram muitos e bons, os jogos que lançou, maioritariamente através de uma editora de prestígio como foi e continua a ser a Hewson Consultants. Mas houve dois que se destacaram: Cybernoid e Cybernoid II. E quem conheces estes jogos rapidamente irá reparar na semelhança entre Vallation e estes. Por sua vez, Vallation é também um remake de um jogo que apareceu em 2013 para o Commodore 64, embora com opções e cenários adicionais.

Vallation desenrola-se assim ao longo de 4 níveis, com 101 ecrãs para serem ultrapassados no total. Cada ecrã apresenta obstáculos e inimigos diferentes. Alguns temos que simplesmente evitar, outros que abater. Embora mais simplicista que Cybernoid, não tendo a quantidade de inimigos e de situações adversas que ai encontramos, nem a parafernália imensa de armas, também em termos de grau de dificuldade é um pouco mais acessível, se bem que alguns dos obstáculos são autênticos quebra-cabeças, a fazer lembrar as temíveis lagartas dos jogos de Raffaele Cecco.


Reflexos ultra rápidos é fundamental, até porque por vezes chegamos a um novo ecrã e temos logo que evitar um inimigo, e nem sempre temos rapidez de reação para tal, lá se indo uma das 5 vidas que temos ao nosso dispor.

Os gráficos são extremamente coloridos e apelativos, e a jogabilidade muito boa, recriando na perfeição o efeito de inércia da nossa nave, mais uma vez fazendo a colagem a Cybernoid. Mas quando a cópia é boa, como é aqui o caso, não há nada de que nos queixarmos.

Sem comentários:

Enviar um comentário