quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Beams of Light


Nome: Beams of Light
Editora: NA
Autor: Shynni
Ano de lançamento: 2017
Género: Puzzle
Teclas: Não redefiníveis
Joystick: Não
Número de jogadores: 1

Da Rússia chega um quebra-cabeças baseado nos níveis do mini-jogo Crystal Chest of the Mountain (retirado de Lost Lands: A Hidden Object Adventure), a fazer lembrar Deflektor, um dos grandes jogos do Spectrum. Não tão elaborado, obviamente, pois agora já não existem as grande editoras e as grandes produções (salvo raras exceções), e a maior parte dos jogos são gratuitos, como é o caso deste. Mas nem por isso Beams of Light deixa de ter interesse, no entanto, tem uma grande pecha e que diminui muito a sua jogabilidade, como iremos ver.

A ideia do jogo é orientar um feixe de luz, fazendo-o passar por todos os cristais, até atingir o cristal que se encontra na parede oposto ao inicial. Parece fácil, mas o feixe de luz apenas pode passar uma, e apenas uma vez em cada cristal, complicando e muito a nossa vida. Não havendo tempo para completarem o nível, poderão ponderar muito bem os vossos movimentos, mas mesmo assim terão a garantia de que passarão muitas horas a tentar deslindar os cinquenta níveis incluídos em Beams of Light.


A nível gráfico, Beams of Light é básico, mas funcional, tendo uma boa melodia que vos vai acompanhando ao longo do jogo, mesmo esta sendo um pouco repetitiva (têm sempre a possibilidade de baixar o volume). No entanto, as teclas definidas são tudo menos funcionais. As quatro teclas de cursor e o Enter para rodar os cristais, são garantia de que ao fim de meia hora terão uma tendinite. Custa a perceber como é que os programadores investem tanto na concepção e na ideia do jogo e depois simplesmente esquecem-se que um "pormaior" como este é capaz de arruinar aquele que poderia ser um bom programa.

Mesmo tendo em conta esta fragilidade (e que o programador ainda está a tempo de corrigir), vale a pena ir buscar Beams of Light, pois irão dar uso durante algum tempo às vossas células cinzentas. Como referido, é gratuito e pode aqui ser descarregado.

Sem comentários:

Enviar um comentário