sábado, 14 de outubro de 2017

Pixel Quest 2000


Nome: Pixel Quest 2000
Editora: NA
Autor: Einar Saukas
Ano de lançamento: 2017
Género: Puzzle
Teclas: Não redefiníveis
Joystick: Kempston, Sinclair
Número de jogadores: 1

Einar Saukas é especialista em criar jogos muito simples em termos de concepção, mas ao mesmo tempo extremamente cativantes. Assim aconteceu com Snake Escape, galardoado como o melhor jogo de 2016 por Planeta Sinclair, assim aconteceu com Pixel Quest, antecessor desta nova versão, e que foi galardoado como o melhor jogo retro de 2015 pela revista Mart UK (dezembro 2015), e a história volta a repetir-se com este Pixel Quest 2000.

Já antes falámos sobre este tipo de puzzles baseados nos passatempos matemáticos japoneses, conhecidos como nanogramas, mas vamos recordar. Existem nanogramas de vários tipos, mas o mais conhecido é o Pic-a-Pix, em que o objetivo é descobrir quais os quadradinhos que devem ser pintados (ou deixados em branco), para formar uma figura, que surgirá quando o passatempo for resolvido corretamente.

A mecânica do jogo é muito simples. Assim, neste passatempo, para o qual normalmente é utilizado papel quadriculado, existe um número em cima de cada coluna e à esquerda de cada linha, que indica quantos quadradinhos deverão ser preenchidos no tabuleiro, formando blocos. Entre um bloco e outro deve haver, no mínimo, um espaço em branco. Depois de preenchidos todos os quadrados do tabuleiro, é revelada a imagem. As semelhanças com o Sudoku são óbvias.


As doze figuras escolhidas para esta nova versão referem-se a heróis mais recentes dos 8 bits (na figura acima encontra-se Kyd Cadet). À medida que vamos preenchendo as quadrículas, vai-se formando no canto superior esquerdo a figura que estamos a desenhar. Isto facilita-nos um pouco a vida. Por outro lado, não tendo tempo limite, como outros jogos do género, podemos fazer e desfazer à vontade sem correr o risco do jogo acabar.

Graficamente, apesar de básico, está interessante, com cores muito bem escolhidas. A música, da autoria de MmcM, é deslumbrante. Aliás, é uma tendência que se tem verificado nos últimos jogos apresentarem melodias ao nível do melhor que se fez na época dourada do Spectrum.

Pixel Quest 2000 é gratuito e pode aqui ser descarregado. Corram-no a fazer, pois irão passar uns momentos bem agradáveis a deslindar os puzzles.

Sem comentários:

Enviar um comentário