segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Minesweeper 16/48


Nome: Minesweeper 16/48
Editora: Blerkotronik Software
Autor: Blerk
Ano de lançamento: 2017
Género: Puzzle
Teclas: Não redefiníveis
Joystick: Kempston, Interface Two
Número de jogadores: 1

Cremos que não exista alguém que não tenha jogado Minesweeper (ou campo minado, como é conhecido na língua portuguesa), nos seus tempos mortos ou até na pausa do estudo ou do trabalho. É dos jogos mais conhecidos e populares de sempre, pelo que vamos abster-nos de dar grandes explicações sobre o mesmo. Diremos apenas que foi inventado por Robert Donner em 1989 e temos como objectivo revelar um campo de minas, sem que alguma seja detonada.

A área de jogo consiste num campo minado (nesta versão com cenários que fogem à norma), em que cada quadrado, que se encontra previamente tapado, pod ser revelado clicando sobre ele. Se este contiver uma mina, o jogo acaba. Se, por outro lado, o quadrado não contiver uma mina, uma de duas coisas poderá acontecer:

  • Um número aparece, indicando a quantidade de quadrados adjacentes que contêm minas
  • Nenhum número aparece. Neste caso, é revelado automaticamente os quadrados que se encontram adjacentes ao quadrado vazio, já que não podem conter minas
Ganha-se o jogo quando todos os quadrados que não têm minas são revelados.

Opcionalmente, o jogador pode marcar qualquer quadrado que acredita que contém uma mina com uma bandeira (nesta versão com um "X"), por forma a que desde logo fique bloqueado.


Até aqui tudo decorre como o tradicional Minesweeper. Mas o que destinge esta versão da normal, são as inúmeras opções que nos são permitidas (olhando para o ecrã de cima já têm uma boa ideia daquilo que vão aqui encontrar). E são estes extras que dão imenso "sal" a este jogo.

As diversas opções passam então pela escolha do tamanho do tabuleiro, que vai desde o pequeno (9X9), até ao largo (30X16), mas também com uma opção baseada em alguns dos heróis do Spectrum (o Dizzy, por exemplo), ou até a possibilidade de customizarem o vosso próprio tabuleiro. Complementarmente podem escolher o nível de dificuldade, entre o fácil até ao difícil, aumentando-se assim o número de minas no tabuleiro.

Ao nível gráfico, podem escolher a opção de ter (ou não) fundos. pessoalmente preferimos a versão plana, pois os fundos acabam por nos distrair do nosso objetivo, e num jogo em que concentração máxima é exigida, poderá não ser a melhor opção terem elementos envolventes ao tabuleiro.


E já que falamos de gráficos, como seria de esperar, estes são simples, muito semelhantes a Pixel Quest, por exemplo, mas que cumprem com a função sem grandes alaridos. De referir ainda que existe a versão de 16k e 48k, sendo que a opção dos heróis apenas está disponível para a versão com maior capacidade de memória.

Minesweeper 16/48 é gratuito e pode aqui ser obtido. Aconselhamos a que o façam rapidamente, pois não vão ficar desiludidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário